Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]



O Banco do Nordeste investiu em Pernambuco, no período de 16 de março a 11 de maio deste ano, R$ 872,8 milhões, correspondentes a 42,1 mil operações, beneficiando todos os setores da economia e empresas de todos os portes do Estado.

Em termos de valores, as operações não rurais lideram as aplicações em Pernambuco, com total de R$ 704,1 milhões, para mais de 2 mil operações, enquanto os financiamentos rurais chegaram a mais de 8 mil, equivalentes a R$ 91,2 milhões.

Especificamente em relação ao FNE Emergencial, linha de crédito criada pelo Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, operacionalizada exclusivamente pelo Banco do Nordeste, com objetivo de injetar recursos na economia da Região e minimizar os efeitos da pandemia, foram contratadas em Pernambuco 194 operações, no valor de R$ 14,2 milhões.

No âmbito do Crediamigo do Banco do Nordeste, maior programa de microcrédito urbano produtivo e orientado da América do Sul, Pernambuco registrou 32 mil operações, somando valores de R$ 77,4 milhões.

Na Região

Em toda área de atuação do Banco - nove estados do Nordeste e Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo -, o BNB realizou, no mesmo período de 16 de março a 11 de maio, 577,6 mil contratações, equivalentes a R$ 5,3 bilhões investidos na região.

Desse total, 76,1 mil operações, no valor de R$ 3,7 bilhões, foram realizadas com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Os maiores valores contemplaram operações não rurais, com R$ 3,1 bilhão distribuídos em 18,1 mil contratações, seguindo-se os financiamentos no âmbito do Crediamigo, que alcançaram R$ 1,1 bilhão para o total de 489,9 mil operações. As operações rurais somaram R$ 988,3 milhões, correspondentes a 69,5 mil contratações.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário