Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]


(Reprodução do GloboEsporte.com / Foto: EFE)


O GP da Inglaterra foi um prêmio aos fãs da Fórmula 1 e os mais de 100 mil torcedores que lotaram Silverstone e viram Sebastian Vettel vencer pela quarta vez na temporada, ampliando assim para oito pontos a vantagem sobre Lewis Hamilton na liderança do campeonato.

Numa corrida emocionante, Vettel liderou no começo, perdeu a ponta ao fazer um pit stop a mais do que os pilotos da Mercedes, mas recuperou a prmeira posição ao ultrapassar Valtteri Bottas a cinco voltas da bandeirada. Mesmo tendo caído para o fim do pelotão após um toque de Kimi Raikkonen na largada, Hamilton fez ótima corrida de recuperação e ainda terminou em segundo lugar, ajudado por duas entradas do safety car devido a um forte acidente de Marcus Ericsson e uma colisão entre Carlos Sainz e Romain Grosjean.

Raikkonen foi punido com dez segundos no primeiro pit stop, mas também conseguiu se recuperar e terminou em terceiro, à frente de Bottas, que perdeu rendimento nas voltas finais e quase foi superado por Daniel Ricciardo, que terminou em quinto - seu companheiro na RBR Max Verstappen abandonou com problemas no carro.

Também marcaram pontos, da sexta à décima posições, Nico Hulkenberg (Renault), Esteban Ocon (Force India), Fernando Alonso (McLaren), Kevin Magnussen (Haas) e Pierre Gasly (STR).

A próxima corrida será disputada daqui a duas semanas, em Hockenheim (Alemanha).

VETTEL:
"O safety car apimentou isso, foi uma batalha legal com Valtteri! Acho que o surpreendi. Estou realmente feliz"

HAMILTON:
"Esse é o maior público do mundo, e peço desculpas por não ter podido trazer para eles (a vitória) em casa. Nunca vou desistir!" As informações são do GloboEsporte.com, Silverstone, Inglaterra.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário