Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Nesta quarta-feira (15), na Arena Condá, o Timão entrou em campo para enfrentar a Chapecoense pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Mesmo precisando somente do empate, o Corinthians venceu o time catarinense pelo placar de 1 a 0. Após o jogo, o técnico Osmar Loss analisou a partida e a classificação corinthiana.

“Muito jogo aéreo e muitas faltas, de todas as regiões do campo, cobradas para dentro da área, o que normalmente deixa o jogo tenso. O Corinthians soube controlar para que isso não virasse uma pressão de fato. Nós tivemos mais posse de bola e concluímos mais ao gol do que eles. Mas o jogo da Chapecoense de fato incomoda qualquer adversário que ela enfrente”, disse, destacando a postura do adversário.

Sobre o fato do jogo ter ficado muito tempo parado, o técnico atribuiu isso ao jogo físico do adversário. “Eu acho que é o tipo de jogo que a Chapecoense prioriza. Um jogo muito viril, muito duro e de muito contato físico, e com isso temos muitas faltas. Não sei quantas faltas tivemos no jogo, mas deve ter sido um número elevado. Então eu atribuo a isso, a esse tipo de jogo. Não somos uma equipe faltosa, fazemos em média 9 ou 10 faltas por partida”, analisou.

Na visão do comandante, mesmo com a vitória e classificação para a próxima fase, o time ainda vai crescer. “A gente tem muito para evoluir no grupo, mas acho que nosso problema está mais no terço final do campo, onde a gente precisa saber onde jogar a bola e o momento certo de infiltrar. Veja como são as coisas: no jogo de domingo a gente, com um time muito menos entrosado que esse, construiu muito mais jogadas do que hoje. Mas o jogo de hoje tinha um caráter de ter solidez e mais competitividade, então tem que se atribuir a isso também. Temos espaço para crescer ainda”, disse Loss.

Questionado sobre o foco de sua equipe nas demais competições, Osmar Loss fez questão de afirmar que o Corinthians irá priorizar a saúde dos atletas. “Como eu disse em todos os momentos, os jogos eliminatórios são eliminatórios. Se a gente tem algum momento, e não digo para priorizar, e sim para ter a noção se algum jogador corre risco de lesão por estar desgastado fisicamente, a gente vai usar o Brasileiro para tomar medidas necessárias e não as competições eliminatórias. Eu acho que o Corinthians é uma equipe que sempre surpreende, então se os adversários têm supostos plantéis melhores que os nossos, a gente prefere ir devagarinho, comendo pelas beiradas, para não se queimar”, encerrou.

Próximo compromisso

Pelo Brasileirão, o Timão volta à Arena Corinthians neste sábado (18). Às 19h, o Alvinegro enfrenta o Grêmio pela 19ª rodada. Para esta partida, os ingressos estão disponíveis para todos os torcedores na internet e nas bilheterias.



Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário