Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Petrolina News


Alimentos como o leite integral, o tomate e arroz tiveram aumento dos preços no mês de outubro em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Foi o que revelou a pesquisa realizada pelo colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). A estimativa é que a cesta chegou a custar R$288,89 na cidade pernambucana.

Entre os itens em destaque esse mês encontra-se o leite, que voltou a subir. Segundo a pesquisa, a expectativa é que a demanda diminua e a oferta comece a crescer nos próximos meses. Também teve aumento no tomante, consequência da colheita atrasada e da queda de preço no mercado interno.

O arroz foi o terceiro produto que teve a maior alta em Petrolina. A explicação foram as chuvas nas regiões produtoras que dificultaram o transporte e fizeram a cotação subir no varejo, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

De acordo com o estudo, feita a comparação do mês de outubro com setembro, em Petrolina ainda houve a diminuição de -0,37% no preço da cesta básica. Essa diminuição foi impulsionada pela redução significativa no preço da banana no mercado.

No acumulado dos últimos doze meses, Petrolina/PE apresentou uma inflação de 3,60% e uma deflação de -1,63. As informações são do G1 Petrolina.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário