Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Vereador Adelmo Teobaldo (PRP), de Camalaú, PB, foi morto a tiros na Zona Rural do município — Foto: Anne Sales/Arquivo pessoal

Um homem foi preso suspeito de matar o vereador Adelmo Teobaldo Farias, de Camalaú, na Paraíba, na manhã desta sexta-feira (27), no bairro Novo Coqueiral, em Toritama, no Agreste de Pernambuco. Segundo o delegado Paulo Rabelo, o suspeito cometeu o crime junto com outra pessoa, que está foragida.

Ainda de acordo com o delegado, o homem, que já foi preso e cumpriu pena por tráfico de drogas, negou o envolvimento no homicídio do vereador. A Polícia Civil continua em busca do outro suspeito de cometer o crime.

Entenda o caso

O vereador Adelmo Teobaldo Farias (PRP), de Camalaú, no Cariri paraibano, foi morto a tiros no dia 8 de setembro deste ano. De acordo com a Polícia Militar, pelo menos dois homens teriam atirado na vítima.

Testemunhas contaram a polícia que o vereador voltava para casa, em uma moto, quando dois homens em outra moto se aproximaram e atiraram várias vezes. Pelo menos três tiros atingiram a cabeça do vereador, que não resistiu e morreu ainda no local.

Adelmo Farias tinha 60 anos e estava no terceiro mandato como vereador da cidade. Ocupava o cargo de 2º secretário da mesa diretora da Câmara Municipal de Camalaú. O crime está sendo investigado pela Polícia Civil. As informações são do G1 Caruaru.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário