Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

Foto: Reprodução / twitter.com/FCBarcelona

O Barcelona praticamente tirou o Real Madrid da briga pelo título do Campeonato Espanhol durante a tarde deste sábado. Em mais um clássico disputado no Estádio Santiago Bernabéu na semana, o time catalão não se intimidou e voltou a vencer o arquirrival: desta vez por 1 a 0, com gol de Ivan Rakitic – na quarta-feira, a vitória foi pelo placar de 3 a 0, pelas semifinais da Copa do Rei.

O resultado, além de aumentar a pressão sobre o técnico Santiago Solari, amplia a diferença entre os dois times na classificação. Agora, o líder Barça soma 60 pontos, 12 a mais que o terceiro colocado Real. O Atlético de Madrid, que ocupa a segunda posição com 50 pontos, entra em campo neste domingo.

Pela 27ª rodada do Campeonato Espanhol, o Barcelona recebe o frágil Rayo Vallecano no próximo sábado, no Camp Nou. Já o Real Madrid visita o Valladolid no dia seguinte. Antes, porém, a equipe merengue tentará defender uma vantagem de 2 a 1 contra o Ajax-HOL, pelo jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, na terça-feira, às 17 horas (de Brasília), no Bernabéu.
O Jogo – Empurrado por quase 80 mil pessoas, o Real Madrid começou ligeiramente melhor. Aos 12 minutos, após cruzamento de Vinicius Júnior pela esquerda, Varane dominou, fez o giro e bateu, acertando Lenglet em cheio. No rebote, Kroos finalizou da entrada da área e exigiu boa defesa de Ter Stegen.

Na primeira estocada do Barça, Messi tabelou com Suárez e saiu na cara de Courtois. Com um leve toque, o argentino encobriu o goleiro, mas a bola saiu pela linha de fundo. O Real respondeu de imediato: Vinicius foi até a linha de fundo e cruzou para Benzema, que rolou para Modric. O croata limpou a marcação dentro da área e chutou forte, mas Piqué se jogou para evitar o gol merengue.

Se Modric não finalizou bem, o seu compatriota o fez. Aos 25 minutos, Rakitic tabelou com Sergio Roberto na direita e saiu nas costas de Sergio Ramos. O croata invadiu a área e tocou na saída de Courtois, com uma cavadinha, abrindo o placar para o Barça. Ainda antes do intervalo, o goleiro belga evitou que o time catalão ampliasse sua vantagem com boas defesas em chutes de Suárez e Messi.

O Real voltou para a etapa final apostando em Vinicius Júnior para reagir na partida. O brasileiro era a principal válvula de escape pela esquerda e levava perigo em cruzamentos pela linha de fundo. Aos 10, o ex-Flamengo recebeu lançamento, fez grande domínio na área e bateu colocado, obrigando Ter Stegen a trabalhar.

Pouco depois, Reguilón desarmou Rakitic, e a bola sobrou para Vinicius dentro da área. O atacante, porém, não acertou o alvo e viu a bola explodir em Lenglet. Na tentativa de aumentar o poder ofensivo do Real, Solari colocou Asensio, Valverde e Isco nas vagas de Bale, Kroos e Casemiro.
Na base do abafa, os mandantes foram com tudo para o ataque nos últimos minutos em busca do empate. No entanto, com um sistema defensivo sólido, o time catalão conseguiu suportar a pressão do Real e conquistou a sua segunda vitória em territória inimigo em quatro dias. As informações são da Gazeta Esportiva.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário