Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Reprodução/Noticias ao Minuto)


Fazer a sesta no meio do dia, por 20 ou 30 minutos, é aconselhado a quem precisa de energia. Contudo, este pequeno período de sono não deve ser usado como forma de repor o sono perdido depois de uma madrugada de trabalho.


Um adulto deve dormir cerca de seis ou sete horas diárias. É desta forma que se alcançam as várias fases do sono que garantem um descanso completo. O estado REM (Rapid Eye Movement), em que ocorrem os sonhos e o estado não REM, que se divide em quatro fases, desde o sono menos ao mais ligeiro. Cada fase dura pelo menos 90 minutos, em média, logo, é fácil perceber que não dormir as horas mínimas aconselhadas faz com que não atinja o sono por completo. Ou seja, numa sesta de 30 minutos, nunca irá atingir nem metade das fases de sono que lhe garantem o merecido descanso.
E se fizer uma sesta mais longa?
Dormir mais do que a meia hora máxima aconselhada, não só será insuficiente para repor toda a energia que uma boa noite de sono garante, como o deixará rabugento no resto do dia e o impedirá de dormir bem à noite. O nosso corpo está programado para dormir à noite, pelo que dormir durante o dia nunca terá o mesmo efeito, segundo Chris Brantner, treinador da ciência de sono certificado, ao site leaf.
Em suma: sesta durante a tarde, sim. Vai dar-lhe energia para o resto do dia, e garantir que se torna mais produtivo. Mas as horas perdidas de sono são para esquecer. O melhor será fazer a rotina diária normal e fazer por organizar o seu dia de modo a conseguir dormir o que deve.
Para uma sesta bem eficaz, o site Leaf sugere que se faça uma sesta de café (ou Coffee Nap) que consiste em tomar uma xícara de café no momento antes de fazer a sesta. Pode parecer contraditório, mas especialistas garantem a sua eficácia já que o café demora cerca de 30 minutos a fazer efeito no organismo, o tempo exato que irá demorar a sesta, depois da qual se irá sentir mais renovado e com energia do que nunca, por ter conjugado os dois pontos mais eficazes para o efeito. As informações são do Noticias ao Minuto.

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário