Slider[Style1]

Style10

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style2

Style6

Style5[ImagesOnly]

(Foto: Reprodução / GloboEsporte.com)

O Náutico entrou em campo com a corda no pescoço. Precisava vencer o Bahia a todo custo para não ser eliminado na primeira fase da Copa do Nordeste. Em caso de tropeço, os alvirrubros estariam fora com duas rodadas de antecedência. Mesmo com todo esse ambiente de pressão, o Timbu conseguiu a primeira vitória na competição. O placar magro de 1 a 0 - gol de Robinho - deixou a equipe viva na Copa do Nordeste. O Tricolor de Aço permanece na vice-liderança com seis pontos, três atrás do líder Botafogo-PB. O Náutico é o terceiro colocado.

PRIMEIRO TEMPO
Mais organizado, o Náutico teve a estratégia de explorar os contra-ataques. O time de Roberto Fernandes conseguiu se defender bem e não sofreu quase nenhum susto do Bahia, que se limitou a arriscar de longe. O Timbu foi bem mais perigoso. E, na primeira vez que invadiu a grande área, foi efetivo. Ortigoza brigou pela bola, que sobrou para Robinho finalizar bem. A partir daí, os alvirrubros tiveram, pelo menos, mais duas boas chances (com Breno e Wallace Pernambucano). O Tricolor, por sua vez, era muito previsível e facilmente marcado.

SEGUNDO TEMPO

O Bahia voltou modificado - entraram Élber e Júnior Brumado nas vagas de Elton e Kayke - e disposto a se lançar mais ao ataque. Foi assim que, logo no primeiro lance, obrigou Bruno a fazer duas boas defesas. No retorno do intervalo, o time de Guto Ferreira foi, de fato, mais agressivo. Conseguiu fazer a defesa do Náutico trabalhar mais - inclusive o camisa 1 alvirrubro fez um milagre em uma finalização de Júnior Brumado. O Timbu, por sua vez, deixou de ser perigoso nos contra-ataques. Apesar de martelar, faltou eficiência. Os baianos pecaram muito nas finalizações e não conseguiram empatar.

O Náutico volta a jogar na próxima quarta-feira, contra o Cuiabá-MT, fora de casa, pela Copa do Brasil. Já o Bahia só atua no próximo domingo, contra o Juazeirense-BA, pelas semifinais do Campeonato Baiano.  As informações são do GloboEsporte.com

Sobre Petrolina News

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Poste um Comentário